Alto nível

Um exemplo de como as discussões no Brasil são de altíssimo nível.

Logo após o lançamento do PAC, o governador de São Paulo José Serra fez uma série de críticas ao pacote. Entre elas, a de que era tímido e só funcionaria se o Brasil crescesse. Algo na linha do “vamos crescer 5% se crescermos 5%” – ou seja, um troço meio bizarro e marqueteiro.

O ministro da fazenda Guido Mantega respondeu dizendo que ele não tinha lido o “programa certo” e que tímido era o “Avança Brasil”, do governo FHC, do qual ele fazia parte. Não li uma linha de Mantega criticando o conteúdo das críticas. Ele apenas criticou o fato de Serra ter criticado o programa.

Ontem, no Canal Livre, da Bandeirantes, na hora exata em que eu liguei a TV, ouvi a ministra da casa civil Dilma Rousseff dizer: “Quem foi eleito pelo povo brasileiro com mais de 60 milhões de votos foi o Lula, e não ele (Serra)”.

Surreal responder críticas deste jeito.

(Em janeiro de 2007)

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s