Conservadores e golpistas

Paulo Henrique Amorim faz, muitas vezes, em seu blog, um dos jornalismos mais nojentos que eu já vi. Um jornalismo governista, chapa branca, que acha que tudo é coisa da mídia “conservadora” e “golpista”, que quer derrubar o Lula. Está um alvoroço nos aeroportos? A mídia golpista vai lá e fala que está um caos, absurdo isso!

“A mídia conservadora (e golpista) quer tudo, menos que o caos acabe.” Claro!

Ele escreve lá: “A lei (civil e militar) é clara: cadeia para eles e para os superiores omissos.” Queria ver ele escrever sobre os invasores da USP: “Cadeia neles.” Mas pra ele, claro, os uspianos que estavam em greve faziam uma greve saudável, democrática… É isso aí.

Então estamos combinados. Criticar o governo Lula é ser conservador e golpista.

**

Em matéria de nojentice, o Zé Dirceu também não fica pra trás. Esse texto é daqueles pra ser guardado e lido daqui alguns anos. Ele critica Alexandre Garcia por ter criticado a ministra do turismo Marta Suplicy fazendo menção a uma frase escrita no portão dos campos de extermínio nazista (“o trabalho liberta”). “Uma prova cabal da irresponsabilidade do jornalista, que ficará impune, e da aberta campanha de oposição das organizações Globo ao governo e ao Presidente Lula”, diz.

Ele obviamente queria uma punição para Garcia. Qual seria essa punição? Depois, ele diz que, já que o governo não moveu um dedo contra a mídia, “a quem interessa essa linha editorial”? Pra ele, deve ser difícil entender que fazer críticas (duras, às vezes) é normal em uma democracia. Isso pra mim soa um pouco como intimidação também – “olha, estamos sendo bonzinhos, sejam bonzinhos também”. Ou então…

Aí ele fala o negócio mais surreal: “(…) fica a minha indignação e a minha firme decisão de resistir e combater essa ação anti-democrática e violadora da liberdade de imprensa que impera como nunca no Brasil”.

Eu sinceramente tentei pensar pela lógica zédirceusista e confesso que me escapa a lógica dessa frase.

**

Eu volto lá no blog do PH Amorim e leio: “PF de FHC não tocaria no irmão do presidente” (aqui).

Só um lembrete: a PF vem fazendo esse alarde todo por aí com dezenas de operação porque o governo quis aparelhá-la, quis fazer dela uma célula do governo. E a PF se rebelou. Além de tudo, Lula havia prometido um aumento salarial de 30%, que não saiu. A PF entrou em greve, fez pressão, está fazendo pressão. Aí o PH inventa um jeito de botar FHC no meio… e perguntar qual será a próxima crise com que a Folha, o Estadão e o Globo tentarão derrubar o Presidente Lula.

Essas críticas pra mim são surreais, ainda mais vindas de sujeitos que eram tão violentos em suas críticas ao governo anterior. Tudo agora é golpe da elite, da mídia conservadora, dos que não admitem um presidente operário ter chegado a presidência…

(Em junho de 2007)

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil, Jornalismo, Política. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s