Futebol de pedreiros

É impossível assistir a um jogo do campeonato brasileiro e não sentir uma espécie de nostalgia de tempos passados – que eu não vivi, aliás. Ah, os tempos de Pelé, Rivellino, Garrinha, Gérson, Ademir da Guia, Sócrates, Falcão…

O futebol praticado hoje me lembra um pouco aquele futebol que eu joguei uma vez num sítio do meu pai. Um bando de gente correndo feito louco, dando caneladas e bordoadas uns nos outros. É porrada pra tudo quanto é lado. Até um São Paulo e Corinthians, que deveria ser um jogo de alto nível, é medíocre. Um Flamengo e Fluminense, então, é mais medíocre ainda.

Anúncios
Esse post foi publicado em Brasil, Esportes, Futebol. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s