Eu e as minhas dores

Foi só eu ficar umas três semanas sem fazer exercícios físicos que as dores no ombro e no pescoço voltaram. Acordei um dia de manhã gemendo de dor. Tive que ir ao hospital pedir ao médico pelo amor de Deus um relaxante muscular e um analgésico. Sentindo o drama, ele me deu logo um remédio controlado. Pílulas mágicas – em uma hora, a dor tinha ido embora. Ah, a medicina moderna. Não entendo quem fala que a vida no passado era melhor.

Se aos 25 anos fico assim, às vezes, completamente travado, fico me imaginando aos 50 – de cabelos brancos, gagá e cheio de dores. Tenebroso. Espero pelo menos não estar broxa.

Anúncios
Esse post foi publicado em Egotrip. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s